Cleiton Fiuza

Início » Marketing » Pizza no Oscar – Uma publicidade que poderia ter custado até U$ 10 milhões

Pizza no Oscar – Uma publicidade que poderia ter custado até U$ 10 milhões

Indique o seu endereço de email para subscrever esta página e receber notificações de novos posts por email.

size_590_pizza-no-oscar

O armênio Ararat Agakhayan nunca foi indicado ao Oscar e nem sequer se dedica ao cinema, mas foi um dos grandes vencedores da cerimônia de domingo depois que um jovem de boné e avental vermelho aparecesse de surpresa com três caixas de pizza diante das câmaras do teatro Dolby.

O entregador anônimo, na verdade Edgar Martirosyan, é um funcionário da cadeia de pizzarias de Los Angeles Big Mama’s & Papa’s, empresa que Agakhayan, chamado por todos de Aro, criou com seu irmão na década de 1990.

“Não tinha nem ideia, não estava preparado. Tudo aconteceu de forma natural”, declarou à Agência Efe este homem que hoje atendia ao telefone envolto em todo o frenesi que participar do Oscar causaram em seu cadeia de pizzarias.

No domingo, Agakhayan contemplou atônito como por 2 minutos Martirosyan e a apresentadora Ellen Degeneres serviam porções de pizza de queijo e pepperoni para Brad Pitt, Harrison Ford, Martin Scorsese, Jennifer Lawrence, Meryl Streep, Kevin Spacey, entre vários outros convidados das primeiras fileiras. Alguns tão famintos que não duvidaram em devorar os pedaços ao vivo.

Na Big Mama’s & Papa’s sabiam que tinham feito um pedido lá da cerimônia do Oscar, mas a encomenda era entregar as pizzas ao teatro Dolby. Ninguém advertiu que fariam parte do espetáculo.

“Foi uma decisão no último instante tomada por ela (Ellen Degeneres). Queria surpreender todo o mundo e que o entregador aparecesse ao vivo”, explicou Aro, que contou que Degeneres é uma cliente habitual.

Hoje mesmo a comediante e apresentadora voltou a fazer outro pedido de pizzas para seu programa “The Ellen Degeneres Show”, revelou o dono do negócio.

Nas últimas horas, Big Mama’s & Papa’s atualizaram suas contas nas redes sociais para difundir sua participação no Oscar e tentar tirar proveito comercial dos minutos de fama.

“É como ganhar na loteria. Gera um alcance muito grande que não teriam podido conseguir com o orçamento que tem de jeito nenhum”, comentou o professor de marketing Andrés Terech da Escola de Gestão Anderson da Universidade da Califórnia em Los Angeles (UCLA).

Se aplicassem as tarifas publicitárias da emissora ABC durante a transmissão do Oscar e a pizzaria tivesse que pagar, o custo promocional teria superado os US$ 10 milhões, segundo cálculos do site “TMZ”.

“Deram a ele um presente imenso. O impacto é enorme. Sua imagem de marca chegou à mente de milhões de pessoas”, reforçou a colega de Terech na Escola de Negócios Marshall da Universidade do Sul da Califórnia (USC), Ira Kalb.

Os especialistas em marketing insistiram que a transcendência para o futuro desse impacto vai depender das medidas que Aro tomar no curto prazo.

“Deveriam contratar a alguém que cuidasse da comunicação, as redes sociais e criar um anúncio relacionado com o que aconteceu no Oscar”, disse Kalb, que acredita que ” as pessoas vão esquecê-lo em dois dias e a empresa tem lembrá-las”.

A longo prazo, e exceto se o empreendimento de Agakhayan fizer algo para evitá-lo, Terech acredita que a única coisa que permanecerá no imaginário coletivo é que no Oscar se repartiram pizzas, mas não o nome da empresa.

“Estamos fazendo o que podemos”, confessou Agakhayan, transbordado por um sem-fim de assuntos pendentes.

Os pedidos dispararam e chegaram solicitações de pessoas interessadas em abrir uma de seus franquias em diferentes lugares dos EUA e inclusive na Europa e na Austrália.

Hoje Big Mama’s & Papa’s conta com uma rede de 20 estabelecimentos no condado de Los Angeles e arredores.

“Estamos ficando sem comida em todas nossas lojas. Estamos pedindo aos nossos fornecedores que incrementem nosso estoque para podermos atender a todos os pedidos”, declarou o armênio.

Kalb advertiu que o interesse criado pelo Oscar despertou expectativa nos clientes potenciais e se a pizzería “não conseguir responder à demanda satisfatoriamente a repentina popularidade pode se voltar contra”.

Mas Aro está acostumado aos grandes desafios. Sua empresa ostenta um recorde Guinness por oferecer em seus menus a maior pizza do mundo, de 2 metros quadrados, e já tem planos para repetir a façanha na cerimônia da Academia de Hollywood em 2015.

“Vamos tentar nos associar com a Coca-Cola e nos tornarmos a pizza oficial do Oscar”, antecipou o empresário.

Fonte: Site da Revista EXAME, publicado em 03/03/14


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: