Cleiton Fiuza

Início » Não Categorizado » Carta aberta – Por que escolher Jesus Cristo e o cristianismo em meio a tantas opções religiosas?

Carta aberta – Por que escolher Jesus Cristo e o cristianismo em meio a tantas opções religiosas?

Indique o seu endereço de email para subscrever esta página e receber notificações de novos posts por email.

Prezado “Amigo”,

Gosto muito de conversar sobre estes assuntos profundos e vi que você está aberto ao debate. E suas perguntas são realmente autênticas. Mas, preciso saber se você está procurando resposta para elas ou se já as encontrou. Caso esteja procurando, podemos aprofundar o assunto.

Primeiro, as igrejas são formadas e dirigidas por SERES HUMANOS falhos e toda a história nos mostra como nossa raça usou a religião para justificar seus ideais de grandeza. Toda a história da autoridade papal, venda de indulgências, venda de artigos sagrados, as cruzadas, os iluminados, a guerra santa, o monopólio mulçumano, terrorismo, nazismo, enriquecimento a custa da fé dos menos esclarecidos, venda de óleo para unção e sal purificado vindos da terra santa, entre MUITAS outras coisas mostram o quanto o ser humano falhou e tem falhado.

Mas, será que isto implica na inexistência de um Deus? Será que isto implica na falibilidade do que está registrado na Bíblia, ou no Tora ou no Alcorão? Será que isto implica na inexistência de Maomé, de Buda ou de Jesus Cristo? Estas são as perguntas certas. E, se uma destas religiões estiver realmente correta? E se uma delas contiver a verdade (ainda que não absoluta). E se pudermos realmente alcançar o NIRVANA através de sucessivas reencarnações (como sugeriu Buda)? E se herdarmos o paraíso ao morremos por Ala e por sua causa (Como sugeriu Maomé)? E se encontrarmos a vida eterna e um relacionamento pessoal com Deus através de Jesus Cristo (como o próprio sugeriu)?  E se existir verdade em alguma destas crenças?

Pessoas nascem e morrem diariamente, alguns vivem 100 anos e outros não chegam nem aos 100 segundos. Alguns passam fome e outros têm tanto para esbanjar. Mas, será que isto é falha de Deus ou dos administradores deste mundo (nós mesmos). Quem está sendo egoísta, injusto, egocêntrico, ambicioso, ganancioso, cruel, incapaz de amar os seres humanos? Deus? Ou nós mesmos? Você já pensou que o mundo produz comida mais do que suficiente para que todos se alimentem? Então por que tantos ainda morrem de fome? Culpa de Deus? Por que tantos são assassinados todos os dias? Culpa do Deus que criou as armas? Por que tantas pessoas contraem a AIDS? Por que Deus deseja que eles se relacionem sexualmente com todos e todas e de todas as formas? Por que tantas pessoas dependem de drogas e são capazes de matar os próprios pais para consegui-la? Deus? Não, nós somos culpados de tudo isto e estamos vivendo a conseqüência do sistema que nós mesmos criamos…

Eu não consigo viver em paz com minha consciência porque creio que as coisas podem ser diferentes. Entre todas as opções eu creio que Deus viu a nossa condição falível de seres humanos e sabia que sozinhos não conseguiríamos mudar (6.000 anos de história registrada nos provam isto). Creio que Ele nos amou de tal maneira que se fez igual a um de nós (sim, creio nisto) e viveu o que nós vivemos. Creio nos milagres que Ele fez enquanto esteve aqui e nos que continua fazendo até hoje na vida daqueles que crêem. Ele foi julgado pelos judeus por afirmar ser o Messias (que eles esperavam ser um Rei). Creio que Ele cumpriu mais 25 profecias (escritas mais de 400 anos antes de ele nascer, por mais de 10 profetas diferentes) só nas últimas 24 horas de sua vida. Foi crucificado, sepultado e ressuscitou 3 dias depois, sendo visto por mais de 500 pessoas… (se quiser saber mais sobre isto, leia um artigo intitulado “mais que uma fé cega” no site http://www.suaescolha.com/). Acredito que Ele apareceu a Paulo de Tarso, depois de sua morte e mudou a vida deste homem a ponto dele ter se tornado o precursor da igreja cristã entre os não judeus. Senão, o que justificaria o crescimento da igreja? Se ele não ressuscitou, onde foi parar o corpo dele? O império romano procurou por muitos anos o corpo de Jesus para por um fim a lenda da ressurreição e nunca o encontrou. E, se foi uma mentira dos discípulos, por que motivo eles morreriam, após tortura, afirmando que Jesus ressuscitou? Como explicar a conversão de Paulo e tudo o que isto acarretou para a vida dele, inclusive sua morte?

Então, crendo que Jesus é Deus e crendo que o que Ele disse é verdade… como poderia fazer qualquer outra coisas antes que todas as outras pessoas pelo menos ouvissem sobre isto (não de forma imposta, mas de forma clara, pois a decisão de crer ou não é pessoal)? Não me refiro a igreja nem a religião, mas a um relacionamento pessoal com Deus… É muito mais que dinheiro, é a vida! A igreja, cada um pode escolher a sua, elas são falhas e continuarão sendo enquanto forem idealizadas e formadas por seres humanos, mas são necessárias ao nosso crescimento em grupo, enquanto seres humanos e enquanto cristãos. Porque nós precisamos de Deus, mas nós também precisamos de pessoas.

Bom, estou aberto para falar mais sobre esse assunto e, também, gostaria de ouvir sua opinião sobre ele.

Cordialmente,

Cleiton Fiuza


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: